Bem-vindo à Biblioteca Digital do Instituto Gênesis. Todos os trabalhos presentes na Biblioteca abordam o empreendedorismo e a inovação, em seus espectros social, econômico, cultural e/ou ambiental. Nossa Biblioteca está dividida em duas seções:
- Artigos, publicações, teses e dissertações realizadas por pesquisadores do Instituto Gênesis, ou realizadas por pesquisadores que abordam o Gênesis em seus trabalhos;
- Trabalhos de Conclusão do Curso de Pós-graduação em Educação Empreendedora da PUC-Rio realizado pelo Gênesis e Departamento de Educação da Universidade em parceria com o Sebrae.

Encontrando o Empreendedor: diálogo sobre a transição da invenção à inovação

01.01.2007
Autores:
Arnaldo Pinheiro Costa Gaio, Antonio José Junqueira Botelho e Paulo Roberto Tavares Dalcol
Local da Publicação:
Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Resumo:
Este artigo apresenta o roteiro de uma entrevista com um empreendedor sobre a transição da invenção à inovação. Apresentam-se a relevância e o referencial teórico utilizado em sua construção. Em seguida, são apresentadas orientações sobre a seleção de empreendedores e a condução das entrevistas. Nas considerações finais, expõem-se os objetivos que motivaram a criação deste roteiro, seus pontos positivos e negativos e a importância de difundi-lo para o estudo do empreendedorismo tecnológico e como fomento de políticas de ciência e tecnologia (C&T), especialmente as que visem promover a inovação tecnológica.

A learning and lecturing based entrepreneurial university: a case study

01.01.2007
Autores:
José Alberto Sampaio Aranha, Julia Zardo, Lygia Magacho, Leonardo Melo e Fabio Silveira
Local da Publicação:
Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Resumo:
The university’s role at the society’s point of view has changed over the last decades. However, in brazilian universities’ case, although this new paradigm is latent, not all of them seem to have settled for this model. This paper discusses a new mission of an entrepreneurial university through a case study of a university’s network that intend to set a technologic innovation platform based on high efficiency incubators, which, once network-oriented, act as generators of high technology enterprises and as strategic and institutional dynamizing agents focused on supporting the development of clusters in their regions. The paper will present the conception process, the agent’s sensibilization and the multi-local triple helix’s articulations, inside and outside the involved universities, in order to point out a pathway of reapplication of the presented methodology.

Proposta de Plano de Negócios para empreendimentos sociais

01.01.2007
Autora:
Silvina Ana Ramal
Local da Publicação:
Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Resumo:
O presente artigo tem por objetivo propor um modelo de plano de negócios para organizações sociais sem fins de lucro, ou seja, as organizações incluídas no que se define como Terceiro Setor.

Diante da crescente demanda por uma gestão profissional nestas organizações, e a necessidade de estruturar-se para receber financiamentos altos disponíveis através de diversas empresas e fundações, o plano de negócios é uma ferramenta extremamente importante e útil.

O plano de negócios é fundamental também para as organizações que desenvolvem projetos para atingir sua sustentabilidade, objetivo de grande parte delas hoje, exigido muitas vezes pelos próprios financiadores.

No entanto, é preciso definir que informações devem constar deste plano de negócios. O que é mportante incluir neste documento dadas as especificidades destas organizações.

Ao longo do trabalho, listaremos os tópicos que devem estar incluídos num modelo de plano de negócios para organizações sem fins de lucro.

Planejamento de Empreendimento Sociais - Promoção de Empreendimentos orientados para o desenvolvimento local e setorial

01.01.2007
Autores:
Catia Jourdan e Arthur Sheng Yang Su
Local da Publicação:
Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Resumo:
O Plano de Negócios é um instrumento importante para a entrada de
empreendimentos, de toda natureza, no mercado. Com os empreendimentos
sociais esta realidade não é diferente. No entanto, os empreendedores neste
segmento, na maioria das vezes, empreendem por necessidade e não conseguem
perceber os benefícios que esta ferramenta proporciona. Desta forma, para
cumprir sua missão de desenvolver empreendimentos sociais auto-sustentáveis, a
Incubadora Social de Comunidades do Instituto Gênesis da PUC-Rio desenvolveu
uma metodologia que permite a estes empreendedores ter acessos ao
planejamento de seus negócio

Comunicação e Cultura no Desenvolvimento Local

01.08.2006
Autor:
Julia Zardo e Fábio Silveira
Local de publicação:
Resumo:
Este trabalho analisa a relação que se configura atualmente entre Comunicação, Cultura e Desenvolvimento Local. Seu objetivo é analisar como a Comunicação e a Cultura podem ser fatores fundamentais para o Desenvolvimento Local de uma comunidade servindo como base para formulação de políticas públicas nesta área.

* Pôster apresentado no XVI Seminário Nacional de Incubadoras e Parques Tecnológicos

Procedimento de pré-seleção de projetos para incubação

01.08.2006
Autor:
Sergio Yates
Local da Publicação:
Salvador, BA, Brasil
Resumo:
O processo de incubação inicia-se antes mesmo da entrada da empresa na incubadora. Nesse sentido, atuar nas etapas, pré-seleção e seleção, que antecedem seu ingresso no sistema de incubação contribui de maneira efetiva para a melhoria da eficiência do sistema. Essa narrativa descreve os procedimentos utilizados pela Incubadora Tecnológica (IT) do Instituto Gênesis da PUC-Rio na etapa de pré-seleção: (1) aplicação de um questionário para descrição resumida do negócio e dos empreendedores; (2) entrevista com o(s) candidato(s) e (3) apoio no desenvolvimento do plano de negócios.


* apresentado no XVI Seminário Nacional de Parques Tecnológicos e Incubadoras de Empresas. ANPROTEC

Cooperação e Empoderamento no Desenvolvimento Local

01.08.2006
Autores:
Julia Zardo e Fábio Silveira
Local da Publicação:
Salvador, BA, Brasil
Resumo:
Freqüentemente associado unicamente à tecnologia, o desenvolvimento local, como o presente artigo demonstra, está intimamente ligado a ferramentas de comunicação capazes de promover e disseminar os valores de cooperação e empoderamento. Uma vez que essas duas características são incorporadas pela população local, o empreendedorismo se torna algo tão natural quanto eficaz.

* Pôster apresentado no XVI Seminário Nacional de Incubadoras e Parques Tecnológicos, em Salvador, Bahia

Nanoeconomia

01.01.2006
Autor:
José Alberto Sampaio Aranha, Luciana Thibau M. da Rocha e Catia Jourdan.
Local da publicação:
Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Resumo:
O processo de geração de empreendimentos de uma incubadora vem sendo utilizado como uma das ferramentas de desenvolvimento local. O papel das incubadoras inseridas nas cadeias de valor tem sido o de articulador dos agentes locais e agregação de processos inovadores. O presente trabalho mostra esta ação no desenvolvimento econômico de comunidades de baixa renda, que por representar um valor residual em relação ao PIB, chamamos de nanoeconomia. Pelo lado social, este trabalho tem um relevante impacto na macroeconomia.

Planificación interorganizacional y desarrollo emprendedor: un estudio de caso

01.01.2006
Autor:
Miguel Domingo González Alvarez e María Angela Campelo de Melo
Local da publicação:
Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Resumo:
This paper is an exploratory research based on a case study that synthesizes the approach of multiple levels of the entrepreneurship and the interorganizational planning, one of the approaches of the Non Synoptic Adaptive Planning. The objectives of this research are: 1) to identify intervention instruments for the promotion of the entrepreneurship according to the integrated approach of multiple levels and; 2) to explore on the application of the Adaptive Planning approach for the promotion of the entrepreneurship and incubators. The research concludes that the approaches of the Articulate Incrementalism and the Interorganizational Planning are shown appropriate as intervention methodologies in the interorganizational level of the entrepreneurship. Also, it introduces the concepts of “incomplete technology of articulation” and “complementary articulation instrument", which allow a more precise understanding of the interorganizational context in the case study.

Inserção profissional dos jovens: o empreendedorismo e as formas de participação

01.01.2006
Autor:
Sandra Korman Dib e Carolina G. de S. Dias
Local de publicação:
Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Resumo:
The emergence of contemporary society relates to profound changes in all spheres of human life. Not only the economic and political structures have changed, causing the world to globalize; in social scale, such changes meant a shift in a wide range of relations that thread and organize social life – political, moral / ethical, interpersonal, etc. This paper concerns the changes that affected the young in regard to their relation with the labor market. It identifies key-changes that affect mostly the young’s understanding of the labor market and mobilization to enter the workforce, and questions naturalized ideologies and legitimate models that frame the development of the individual in its psychological, social and political aspects. It argues that through institutionalized relations such ideologies and models distort the young’s perception of socio-political reality, and by privatizing the means it dissociates the construction of a career from the construction of society. Finally, it proposes a new understanding of career planning as a policy to re-articulate professional engagement and social change, a set of experiences through which the young can recognize (and build) themselves as complete individuals – human, social, political, moral, etc.
CURSO EDUCAÇÃO EMPREENDEDORA

Promoção de conhecimento quanto as teorias das atitudes Empreendedoras para o Mercado de Trabalho, no SENAI/ Teresina – PI

27.07.2017
Autor: Rosália Maria Guedelha Carvalho

Resumo: O presente trabalho de conclusão do Curso de Pós-Graduação em Gestão Empreendedora realizado em parceria com o SEBRAE NACIONAL e a PUC-Rio, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, apresenta a importânciade uma proposta de intervenção inovadora para a promoção de conhecimento quanto às teorias das atitudes empreendedoras para o mercado de trabalho, realizada no SENAI em Teresina-PI. Mediante aos conhecimentos adquiridos no referido curso e vivência profissional, observou-se a necessidade de urgentemente realizar uma intervenção empreendedora inovadora aplicada junto ao corpo docente do SENAI – Centro de Formação Profissional Candido Athayde de Teresina – Piauí, onde aponta-se para a diretriz do prosseguimento de um planejamento educativo empreendedor, no qual o desempenho da atuação docente precisa ter a clareza dos objetivos a serem alcançados por sua flexibilidade e sua sensibilidade. Do mesmo modo, proporcionou-se junto aos professores e coordenadores pedagógicos a relevância de se estudar e produzir uma ação interventiva unindo a educação, o trabalho e o empreendedorismo, com o intuito de interferir na metodologia desses profissionais de educação que ministram cursos de qualificação profissional, para promover capacitação, a fim de que os docentes fomentem em seus alunos atitudes empreendedoras, visando o mercado de trabalho, desenvolvendo habilidades como autonomia e liderança, recriando posturas profissionais, para que dessa maneira estejam preparados para os paradigmas desafiadores do mercado de trabalho. Conformemente, o principal objetivo do presente trabalho é de promover o conhecimento sobre as teorias das atitudes empreendedoras para o mercado de trabalho, possibilitando melhor desempenho pessoal e profissional do corpo docente. Para que se tornasse possível a elaboração do presente TCC, fez-se uso de pesquisa bibliográfica e pesquisa-ação a qual tornaram a elaboração viável através do levantamento teórico e de investigação empírica. Ao fim da elaboração da presente intervenção empreendedora, constatou-se que a possibilidade de união entre a educação, o trabalho e o empreendedorismo é altamente importante para a sociedade como um todo.

Palavras-chave: Empreendedorismo. SENAI. Intervenção Inovadora.
CURSO EDUCAÇÃO EMPREENDEDORA

Planejamento de Curso Inovador na Área de Educação Empreendedora na Modalidade Educação de Jovens e Adultos no Instituto Federal do Maranhão – Campus São José de Ribamar

27.07.2017
Autor: Harone Smith Neves Viana

Resumo: O presente trabalho de conclusão de curso refere-se a uma proposta metodológica de formação para professores da Educação Básica na Modalidade Jovens e Adultos no Instituto Federal do Maranhão – Campus São José de Ribamar. Objetiva-se com essa proposta trazer à tona a problemática em torno do ensino de empreendedorismo ao mesmo tempo articular a elevação da escolaridade dos jovens e adultos e a formação do professor para o ensino de práticas empreendedoras. É um trabalho cujo objetivo maior é disseminar os princípios do empreendedorismo entre os docentes e estimular o desenvolvimento das competências empreendedoras nos discentes. Fez-se necessário a concepção da EJA na perspectiva de uma educação continuada ao longo da vida, onde pessoas consideradas adultas pela sociedade desenvolvem suas habilidades, enriquecem seu conhecimento e aperfeiçoam suas qualificações técnicas e profissionais, com o intuito de satisfazer as necessidades do próprio indivíduo e de sua sociedade. Acredita-se que essa experiência oferece uma grande parcela de contribuição para o campo da EJA e da Educação como um todo.

Palavras-chave: EJA, Empreendedorismo, Formação de Professores
CURSO EDUCAÇÃO EMPREENDEDORA

Empreendedorismo Sustentável Novas Oportunidades Para as Futuras Gerações de Teófilo Otoni- MG

27.07.2017
Autor: Sâmara Soares dos Santos

Resumo: A difícil situação política do país abalou a economia. Em razão disso, advieram ônus para o trabalhador e para a sociedade, tais como: o aumento do custo de vida e do número de desempregados, mas também o decorrente crescimento do trabalho informal - o qual voltou a ganhar adeptos pelo Brasil. Não obstante, as dificuldades também fazem surgir os empreendedores que buscam, se não o sustento integral, um complemento para a renda familiar e por isso planejam a abertura de um negócio. Nesse contexto, o projeto que se apresenta neste texto oportuniza a conscientização sobre a necessidade de reduzir a quantidade de material reciclável nos lixões e que, simultaneamente, viabiliza a geração de lucros à empresa Inovar. O projeto, O empreendedorismo sustentável: novas oportunidades para as futuras gerações de Teófilo Otoni - MG enseja contribuir para a limpeza do meio ambiente da cidade, já que um dos seus objetivos é coletar materiais de difícil decomposição - garrafas plásticas e latinhas de alumínio -, porém não se podem preterir os outros objetivos: praticar a reciclagem e influenciar o desenvolvimento econômico dos trabalhadores. Observe-se que, na troca de garrafas plásticas e latinhas de alumínio, a máquina de venda reversa emite um comprovante com o valor de que o trabalhador pode lançar mão para fazer compras mensais em supermercados. Esses objetivos iniciais atingidos, necessariamente, produzem efeitos importantes: a melhoria da qualidade de vida da população da cidade, dos próprios trabalhadores envolvidos diretamente no projeto, a manutenção, expansão e multiplicação das empresas de reciclagem, a geração de novos empregos em outros setores da economia, com o benefício de se pouparem recursos naturais.

Palavras-chave: Empreendedorismo, sustentabilidade, meio ambiente, máquina de venda reversa
CURSO EDUCAÇÃO EMPREENDEDORA

PROJETO “CHA” UMA PROPOSTA DE INTERVENÇÃO INOVADORA DO EMPREENDEDORISMO NA EDUCAÇÃO

27.07.2017
Autor: Sheila Teixeira Rodrigues Brustolim

Resumo: As transformações ocorridas no mundo apresentam inovações constantes, exigindo do homem uma permanente busca pelo conhecimento e aperfeiçoamento, que deve levá-lo a adquirir ou aperfeiçoar suas habilidades. Consequentemente, essa postura proativa desenvolve nos alunos a criatividade, a ousadia para modificar algo em torno da sua vida. Este estudo visa despertar maneiras de fazer com que o aluno compreenda a busca constante de munir-se de conhecimentos, habilidades e atitudes para aplicá-los no dia a dia. Utilizou-se neste trabalho junto aos alunos do Senai de Gurupi TO, uma ação de intervenção inovadora com o projeto CHA. Diante da falta de motivação e desinteresse dos alunos durante os cursos, surge o desafio, como despertar no aluno o interesse pela busca do conhecimento, como vivenciar a teoria e a prática e como fazê-los reconhecer a necessidade e importância dessas experiências para seu futuro profissional? Embora, o saber seja visto de maneira provisória, porque nem tudo o que sabemos hoje será válido para as realidades a viver amanhã, há que se destacar que tais necessidades são imprescindíveis para aplicá-las na vida pessoal e profissional. É de grande valor despertar nos alunos a importância de inovar, criar, ter ideias e serem diferentes, porém, se eles unirem isso as suas práticas, é possível, torná-los grandes e bons empreendedores e que assim, não haja distância entre o conhecimento as habilidades e as ações.

Palavras-chave: Inovações, conhecimentos, habilidades, atitudes, empreendedorismo.
CURSO EDUCAÇÃO EMPREENDEDORA

Empreendedorismo na educação profissional, uma proposta inovadora no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará – Campus Tucuruí

27.07.2017
Autor: Valdinei Matias Santana

Resumo: O objetivo deste trabalho foi elaborar uma proposta pedagógica de um curso inovador de capacitação para docentes da educação profissional com a temática educação e empreendedorismo na educação profissional, destinado a professores do Instituto Federal de Educação Ciências e Tecnologia do Pará Campus Tucuruí. O curso é destinado a 40 profissionais independentes de sua área de formação e será ministrado em 4 módulos durante um mês com 1 encontro por semana, as atividades serão desenvolvidas entre estudos teóricos e práticas inovadoras. Espera-se que ao final do curso os professores tenham uma nova concepção de ensino do empreendedorismo na educação profissional e desta forma possam contribuir com práticas inovadoras em suas aulas, despertando assim em seus alunos iniciativas empreendedoras importantes para sua vida profissional.

Palavras-chaves: Educação, Empreendedorismo, educação profissional
CURSO EDUCAÇÃO EMPREENDEDORA

Empresa Júnior: Uma proposta no Instituto Federal de Educação Ciências e Tecnologia do Pará – Campus Tucuruí

27.07.2017
Autor: Dorivaldo Rosa França

Resumo: O empreendedorismo é a locomotiva de qualquer economia. A proposta desta intervenção empreendedora é contribuir com a implantação e gestão de uma Empresa Júnior no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará – Campus Tucuruí. Já se sabe que diversas ações devem ser feitas, observando as questões de mercado, do campus e da própria organização a ser iniciada. Inicialmente contaremos com dois professores-orientadores e cinco discentes gestores. Foi aplicado junto a este grupo um questionário para fins de levantamento de interesses e recomendações e que será replicado em momentos posteriores, como forma de alinharmos e atendermos as expectativas. Os resultados trazem aspectos positivos nos argumentos e que apontam para o sucesso do empreendimento.

Palavras-chave: Empreendedorismo. Empresa Júnior. Intervenção empreendedora.
CURSO EDUCAÇÃO EMPREENDEDORA

Prevenção ao uso indevido de drogas – IF – Antidrogas no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará – Campus Tucuruí

27.07.2017
Autor: Elizabeth Cristina Nascimento Branch

Resumo: Prevenção ao uso indevido de drogas – IF – Antidrogas no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará – Campus Tucuruí. Rio de Janeiro, 2017. Trabalho de Conclusão de Curso Lato Sensu (Especialista em Educação Empreendedora). Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2017. Em relação ao uso indevido de drogas, o Campus Tucuruí tem cumprido o seu papel, no que se refere ao acolhimento de situações de risco que já estão instaladas. Daí a necessidade de ampliar esta abordagem, dada a importância da prevenção ser feita no dia-a-dia da escola, de forma integrada ao corpo técnico escolar, pois a promoção da saúde abrange diferentes dimensões humanas. A “Educação Antidrogas”, implica em uma abordagem que deve se dar de forma integrada e inovadora entre as disciplinas, os projetos educacionais e os diferentes departamentos da unidade escolar. Os professores e demais funcionários devem se envolver, trazendo as diversas instituições públicas e entidades da sociedade civil para dentro da Escola, de modo a ocorrer integração das políticas educacionais com as demais políticas públicas que visam reduzir os danos sociais, à saúde e à vida causados pelo consumo, bem como as situações de violência e criminalidade associadas ao uso prejudicial de bebidas alcoólicas, fumo e entorpecentes. Nesta perspectiva, o projeto “IF- Antidrogas”, surge com uma proposta inovadora de Capacitação de Professores do Campus Tucuruí/IFPA, para o combate ao uso de drogas.

Palavras-chave: Educação e Saúde; Prevenção; Drogas; Política Pública.
CURSO EDUCAÇÃO EMPREENDEDORA

Empreendedorismo na Escola: despertando jovens para o futuro profissional

26.07.2017
Autor: Kissia Barros de Macedo da Silva

Resumo: Essa pesquisa visa analisar os impactos do ensino do empreendedorismo como ferramenta transformadora, que se baseia em um diálogo contínuo entre o Sonho e a Realidade, todos os esforços se concentram em minimizar a distância entre os mesmos, desenvolvendo ferramentas que auxiliam esse encontro, trabalhando as habilidades, competências e despertando atitudes como: Iniciativa, Busca de Informação, Criatividade, Persistência, Liderança, Cooperação, entre outros. Com a disseminação dessas atitudes, teremos indivíduos que passarão a conhecer os seus limites, explorando as suas forças em busca de melhores oportunidades, e tentarão se aprimorar para poder minimizar suas fraquezas evitando possíveis ameaças. O autoconhecimento faz com que o individuo sinta necessidade de está se aprimorando para poder viabilizar a realização do seu sonho, saindo da zona de conforto onde o empirismo é adotado com fonte principal do conhecimento, se transportando para outros horizontes. Uma analise realizada na Escola Estadual Dr. Fernandes Lima, situada no bairro de São Jorge em Maceió, Alagoas, mostrou que a maioria dos jovens que estão “fora de faixa” no ensino fundamental não imaginam como será seu futuro, partindo desse pressuposto, lançamos o projeto de intervenção empreendedora que visa disseminar o empreendedorismo e estimular os jovens a descobrir seus verdadeiros potenciais, através de uma proposta inovadora que tem como objetivo despertar esses alunos para que os mesmos descubram quais caminhos podem ser percorridos para chegar a seu objetivo, visando despertar os jovens para a construção de uma perspectiva de futuro até então desconhecida.

Palavras-chave: Empreendedorismo, Educação, Empreendedorismo na escola
CURSO EDUCAÇÃO EMPREENDEDORA

A Importância do Conhecimento em Primeiros Socorros nas Escolas

26.07.2017
Autor: Ricardo Alcântara Silva

Resumo: Todos nós estamos sujeitos a um acidente. As crianças, por não terem a noção de cuidado quando estão brincando tornam-se mais vulneráveis. A curiosidade natural as expõe a situações de risco, nem sempre perceptíveis por seus responsáveis. A omissão de socorro e a falta de atendimento de primeiros socorros eficiente são os principais motivos de mortes e danos irreversíveis nas vítimas. Para prestar primeiros socorros é preciso capacitar-se, pois se sabe que um pré-atendimento adequado contribui para evitar sequelas ou até mesmo a morte. O objetivo deste trabalho é promover entre os alunos assistidos o conhecimento de iniciativas referente a prevenção, promoção e reabilitação de pessoas que se encontram em situações de risco de morte. Os professores e demais profissionais que atuam em ambientes escolares, necessitam estar orientados para atuar nos primeiros socorros, devido ao fato de que o primeiro atendimento possibilita o salvamento de vidas. No espaço escolar, os acidentes constituem preocupação constante, sendo fundamental que os professores e aqueles que cuidam das crianças saibam como agir frente a esses eventos, como evitá-los e como realizar os primeiros socorros, procurando, assim, evitar as complicações decorrentes de procedimentos inadequados, o que pode garantir a melhor evolução e prognóstico das lesões. Sugere-se estimular uma capacitação aos professores em primeiros socorros, visando desenvolver ações de prevenção e promoção a saúde do aluno no ambiente escolar.

Palavras-chave: Primeiros socorros; professor; educação; ensino fundamental.
CURSO EDUCAÇÃO EMPREENDEDORA

Práticas Empreendedoras Docentes e Pedagogia Empresarial nas Escolas

26.07.2017
Autor: Waldemir Monteiro Bezerra

Resumo: O objetivo deste estudo é investigar qual o papel da orientação pedagógica empresarial nas escolas de ensino médio, como promotora do desenvolvimento de uma visão empreendedora na prática de sala de aula. Os objetivos específicos são: identificar as principais dificuldades nas escolas de ensino médio para orientação de docentes visando uma prática empreendedora; verificar os fatores empreendedores da prática dos pedagogos na orientação docente e como esta influencia na educação empreendedora; e estabelecer a existência de orientação empreendedora para docentes do ensino médio, no processo de ensino. A metodologia aplicada foi a pesquisa bibliográfica. Observou-se a necessidade de formação do pedagogo através de disciplinas que envolvam características sobre empreendedorismo, gestão de pessoas e mercado empresarial a fim de que os profissionais vislumbrem, além de possibilidades variadas de atuação, o ensino do empreendedorismo no ambiente escolar. , também considerando uma empresa como um espaço educativo, porém estruturado em torno de objetivos e metas empresariais específicas a partir do entendimento que toda ação educativa deve basear-se em estratégias e metodologias de aprendizagem, assim como a inclusão do ensino do empreendedorismo nas classes escolares do Ensino Médio, de acordo com o que se depreende da pesquisa, exige ainda uma mudança na identidade profissional e nas formas de trabalho dos professores, observando-se que o tipo de trabalho convencional do professor está mudando em decorrência das transformações no mundo do trabalho, da tecnologia, dos meios de comunicação e informação, dos paradigmas do conhecimento, das formas de exercício da cidadania, dos objetivos de formação geral que hoje incluem com mais força a sensibilidade, a criatividade, a solidariedade social, a qualidade de vida, o reconhecimento da diversidade cultural e das diferenças e, fundamentalmente, a qualificação para a concorrência e a competitividade em um mercado empresarial global, dinâmico e de constantes mudanças.

Palavras-Chave: Empreendedorismo. Práticas Docentes. Educação Empreendedora.
| 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 |
| 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 16 |

PALAVRA-CHAVE

BIBLIOTECA GÊNESIS

PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO EMPREENDEDORA