Bem-vindo à Biblioteca Digital do Instituto Gênesis. Aqui você encontra artigos e publicações, relacionados a área de empreendedorismo e inovação, produzidos pelos pesquisadores associados, co-ligados e colaboradores do Instituto Gênesis. Nosso acervo está disponível com o objetivo de contribuir para a difusão da cultura empreendedora no país.

Ambientes de Inovação e mecanismos de geração de empreendimentos: estudos de caso sobre a economia criativa na cidade do rio de janeiro

25.09.2017
Motivam esta tese a existência de iniciativas de promoção de ambientes de inovação, sua crescente valorização e a exígua relação destes ambientes com a Economia Criativa. Sua contribuição está no intuito de reconhecer, detalhar, avaliar e, por fim, sugerir métricas mais subjetivas e pertinentes aos ambientes de inovação no contexto da Economia Criativa, diferentes das mais frequentemente utilizadas. Para isso, a tese se utiliza de a) referencial bibliográfico nacional e internacional, b) breve caracterização da Economia Criativa no Rio de Janeiro, e c) estudos de caso a partir de observação participante e análise de conteúdo a partir de entrevistas comparativas entre dois ambientes de inovação no Rio de Janeiro na intenção de aproximar os conceitos sobre cultura empreendedora, inovação e estratégias de estímulo e apoio ao desenvolvimento social, econômico e cultural do setor da Economia Criativa.O impacto dos fatores sociais e culturais no surgimento e sucesso destes ambientes de inovação é problematizado e analisado ao longo desta tese. O estudo visa discutir novas formas de ambientes se relacionarem, apoiarem e estimularem o trabalhador do conhecimento.

Emprendimiento Feminino en Ibero America

04.04.2017
Autor: Senén Barro Ameneiro
Resumo: Los países iberoamericanos han avanzado de manera significativa en la igualdad entre hombres y mujeres en las últimas décadas. Los Gobiernos, las Organizacionesde Sociedad Civil y el sector privado han hecho posible este cambio. El Índice de Desarrollo de Género 2014 (GDI por sus siglas en inglés) coloca a Chile entre los 16 países más igualitarios del mundo y a España y Portugal en elpuesto 32º. Tras ellos, Argentina ocupa el puesto 57º, México el 58º, y Brasil el 81º.
Este trabajo presenta el estado de la cuestión en seis paises iberoamericanos: Argentina, Brasil, Chile, Espana, Mexico y Portugal. Cada uno de ellos se ha centrado y ha destacado aquellas cuestiones mas representativas o que precisan de mayor atencion dentro de sus respectivos paises.
Entendemos que no hay otra via que la de trabajar conjuntamente para acortar las brechas de genero en el emprendimiento de origen universitario en Iberoamerica. Siendo conscientes de que nuestra aportacion es solo un grano de arena para construir una inmensa montana, tambien lo somos de que las montanas se van haciendo grano a grano.

Creativity: people, environment and culture, the elements in its understanding and interpretation

04.04.2017
Autores: Paulo C De Miranda, José Alberto S Aranha and Julia Zardo
Resumo: This paper discusses three aspects of entrepreneurship: people (innovators, entrepreneurs and amateurs) at the core of creative production who ‘function’ as agents of transformation; culture which helps to
motivate people and create a value system (embedded contexts) and; the environment where innovations and entrepreneurial settings function as productive factors to stimulate more creativity.
Looking from these three angles we present a triple helix for innovation related to creativity or the creative industry. Relying on a substantive report issued in 2008 by the United Nations Conference on Trade and Development, we explore aspects linked with the creative industries or the economies that form part of it. Despite differing views on the definition of the term ‘creativity’, the paper tries to
analyse creative people as entrepreneurs, proposing a triadic approach to understand and interpret it, thus presenting our second, more consolidated, triple helix for creative entrepreneurship. We also draw on practical knowledge to discuss the core elements of our triple helix.

Até que ponto as IEBTs estão cumprindo seu dever de casa? Um estudo de caso da Incubadora de Empresas da PUC-Rio

04.04.2017
Autores: Carlos Henrique Berrini da Cunha
Resumo: Este estudo objetiva entender o processo empreendedor e a capacidade das incubadoras de empresas em promover a capacitação técnica dos empresários e desenvolver projetos, transformando-os em empresas prósperas.
A bibliografia sobre o assunto é recente e baseia-se em casos e experiências ocorridas. O desenvolvimento do setor é bastante grande e vem ocorrendo com certa velocidade, gerando uma demanda por estudos e produção científica.
Por se tratar de pesquisa exploratória, o método escolhido foi o estudo de caso, do qual objetiva-se obter informações atuais e que representem a realidade.
O universo da pesquisa irá restringir-se apenas às incubadoras de empresas de base tecnológica, sendo a amostra composta pelas empresas residentes no Instituto Gênesis, a Incubadora de Empresas da PUC-RIO.
Com base nos resultados poder-se-á verificar processos empreendedores, capacitação de empresários, desenvolvimento tecnológico e geração de empresas prósperas.
O referencial teórico apresenta os conceitos de Empreendedorismo e IEBTs.

Processo de comunicação da informação em empresas de uma incubadora tecnológica

04.04.2017
Autores: Marcio Gonçalves
Resumo: Apresenta os resultados de pesquisa-dissertação sobre o processo de comunicação da informação em incubadora de base tecnológica do Instituto Genesis da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Discorre sobre o cenário atual das incubadoras no Brasil e no Rio de Janeiro, especificamente, discutindo a aplicação do modelo de gestão para incubadoras de empresas criado pela Rede de Incubadoras, Parques Tecnológicos e Pólos do Rio de Janeiro (ReINC), no que diz respeito ao módulo de informação. Aborda as questões da informação na perspectiva dos canais formais e informais de comunicação e da oferta e demanda de informação em incubadoras. Relata a participação da ciência da informação no mapeamento dos processos de comunicação da informação, destacando a importância da transferência de informação e da transformação desta em conhecimento.

The role of university incubators in stimulating academic entrepreneurship

04.04.2017
Autores: Eva Stala, Tales Andreassib e Asa Fujinoc
Resumo: Many Brazilian universities have technology-based incubators, but there is a small presence of firms created by students, alumni or teachers(spin-offs). Thus, such incubators do not encourage the transfer of technologies developed in universities to society, through the creation of new businesses, one of the main ways of university–industry interaction. To test this assumption, we studied eight university incubators. As a theoretical basis, we used the concepts of open innovation and university; as a methodology, we adopted a qualitative approach through theuse of bibliographical, documental and field research, with in-depth interviews. Results show that there is no priority for companies created from academic research results, despite the incubators’ preference for projects that have a high potential for interaction with the university. Also, thereare few efforts to attract the academic audience, which leads to underutilization of this important channel for the transfer of research results.

Alinhamento das incubadoras de empresas ao contexto regional no Estado do Rio de Janeiro; uma comparação entre metrópole e interior

04.04.2017
Autores: Guilherme de Oliveira Santos
Resumo: Esta dissertação tem como objetivo analisar o alinhamento das incubadoras de empresas ao contexto regional no Estado do Rio de Janeiro (ERJ), fazendo uma comparação entre metrópole e interior. O referencial teórico da análise-se no âmbito da teoria sobre conhecimento regional e da geografia econômica, o papel das regiões nas atuais dinâmicas de conhecimento, com para o papel das incubadoras de empresas enquanto “instituições-ponte” que a sinergia entre a infraestrutura de ciência e tecnologia e o setor produtivo.

Artigo EJ - Como a Empresa Júnior PUC-Rio conseguiu fazer com que todos fossem parte da solução

21.10.2016
O presente trabalho foi submetido à Conferência de Empreendedorismo e Ambientes de Inovação, realizada pela Associação de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores e tem como objetivo descrever detalhadamente um mecanismo aplicado na Empresa Júnior PUC-Rio. Este é considerado uma boa prática da empresa e demonstrou resultados concretos em sua rotina. A ferramenta consiste no chamado “Problema EJ” e é aplicada no início da trajetória dos membros da empresa, com o objetivo de desenvolver sua análise crítica, visão holística e resolução de problemas.

Educação empreendedora na qualificação de docentes do ensino técnico e profissional: O caso do Pronatec Empreendedor.

21.10.2016
O presente artigo centrará o foco na concepção e no desenvolvimento do primeiro curso de especialização em educação empreendedora realizado no Brasil, pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, visando qualificar professores do ensino técnico e profissional nacional. A iniciativa foi concebida para atender a uma demanda do Sebrae a partir de acordo de cooperação com o Ministério da Educação (MEC) no âmbito do Pronatec Empreendedor, sendo que o Programa responde por uma demanda nacional a qual estas entidades tomaram para si a responsabilidade de implementá-la como política pública estratégica nacional.
O texto abordará o processo e desafios vivenciados na fundamentação teórica metodológica; no processo de concepção; no desenvolvimento do conteúdo e na avaliação dos resultados parciais do referido Programa.

Livro Sentimento EJ

23.05.2016
Resumo: Livro lançado em 2013 pela Empresa Junior da PUC-Rio, em homenagem aos seus 18 anos de história. Através de diversos relatos de ex-membros, consultores e demais parceiros da EJ, o livro nos fala sobre o dia a dia na empresa, os desafios, as conquistas, o propósito e, especialmente, o sentimento em comum que desperta em todos os colaboradores da Empresa Junior.
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 |

PALAVRA-CHAVE

FILTRAR POR CATEGORIA